Segunda, 21 Dezembro 2015 15:09

A Conexão Espiritual - Esquizofrenia

Avalie este item
(1 Votar)

Esquizofrenia

Cientificamente a esquizofrenia não é considerada como doença no sentido clássico do termo, mas sim, como um transtorno funcional do cérebro, devido às alterações químicas e, podem atingir diversos tipos de indivíduos, sem exclusão de grupos ou classes sociais.

Segundo pesquisas científicas, os indivíduos acometidos da esquizofrenia, vivem em mundos paralelos, ligados entre o físico e o mental (espiritual). Na psiquiatria moderna a esquizofrenia é considerada um sofrimento, por transmitir reflexos severos no comportamento, devido às alterações do pensamento que geram alucinações visuais, cinestésicas e, sobretudo as auditivas.

As diversas manifestações da esquizofrenia confundem e fragmentam algumas teorias científicas de que a origem deste distúrbio é especificamente do cérebro e dispõem como material de estudos realizados, os indivíduos considerados esquizofrênicos e que se destacam no meio acadêmico, artístico, político e social.

A classificação da estatística internacional de doenças relacionadas à saúde mental publicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), conclui que este distúrbio poderá dirigir-se para uma cura completa ou quase completa, porém isto só acontecerá a partir do momento em que a ciência ampliar horizontes e estudar a influência do fator mental sobre o cérebro e entender que os homens são indivíduos atemporais e se manifestam como inteligências em constante evolução, mas, para isto também será necessário aceitar a existência da formação extra física da espécie em questão.

Membros da comunidade científica de todo o mundo divergem entre a genética hereditária e a genética extra física (Engenharia Extra Física) e, relutantes deixam aos poucos emergir teorias quanto a real composição humana.

Não existe uma estatística que defina o percentual da população global portadora da esquizofrenia, por existir diversos níveis e principalmente fatores que podem desencadear transtornos delirantes, psico-maníaco-depressivos, melancolia, depressões, tiques, manias e outros agentes alteradores da realidade palpável.

 

 

Prof. Dr. Jorge Guedes

004638363

Carolina Pardelinha

psicóloga, de lagos.

grata pela informação que me deu através da sua amiga.muito obrigada. Hoje vamos lá eu [...]


Veja Mais...